Motorista de aplicativo acusa apresentador de TV por assédio durante corrida para motel

postado em: NOTÍCIAS | 0

Uma motorista de aplicativo de transporte, de 50 anos, denunciou ao Portal AZ que foi vítima de assédio e agressões verbais pelo apresentador da TV MMotorista de aplicativo acusa apresentador de TV por assédio durante corrida para moteleio Norte, Italo John, durante uma corrida no início na manhã desta segunda-feira (25).

Em entrevista ao Portal AZ, o apresentador Italo John nega as acusações e diz não lembrar do ocorrido. Italo ainda esclarece que irá esperar uma possível intimação da Delegacia da Mulher para prestar maiores esclarecimentos sobre o assunto.

“Com relação a isso eu não sei. Eu não lembro se isso aconteceu, vou esperar esse boletim. Eu realmente estive nesse posto, no local, mas sobre isso eu realmente não sei. De qualquer forma eu não assediei, não falei palavrão”, explica.

Italo esclarece que tem que conversar pessoalmente com a motorista sobre as supostas acusações.

A vítima, que prefere não ter a identidade revelada, explica que tudo começou depois de uma solicitação de corrida por volta das 05h da manhã desta segunda-feira. O pedido foi realizado por uma suposta amiga de Italo. A motorista foi acionada para ir até o Posto Yellow, localizado na Avenida João XXIII, onde se encontravam Italo John e mais um rapaz.

“A pessoa pediu e falou que era para uns amigos dela. Cheguei no posto, ele já estava lá, eu não queria destravar a porta porque o rapaz que estava acompanhando ele, estava com bebida e eu falei que não podia entrar com a bebida. Aí o rapaz virou a cerveja e jogou a garrafa fora. Ele [Italo John] entrou na frente e o rapaz foi no banco atrás. Ele vinha conversando muito, que era apaixonado por esse rapaz, tinha ciúmes e tudo. Ele estava muito alegre e eu também muito simpática. Quando chegou na metade do caminho, ele [Italo] olhou pra mim e já pegou nos meus seios. Disse que eu tinha os seios grandes. Eu tomei aquele susto e fiquei na retaguarda. Queira ou não, era dois homens aparentemente”, explica a vítima.

Ainda de acordo com a motorista, o endereço que o apresentador colocou no início da viagem era para o bairro Promorar, zona Sul de Teresina. Depois ele mudou a rota e pediu para ser levado até o motel Pousada dos Ipês, junto com o outro rapaz que estava no banco traseiro.

“Quando eu estava chegando ao motel, faltando 200 metros, ele falou um monte de coisas, que eu dava o c*. Eu sei que tu dar, eu fiquei constrangida demais, eu sei que você dar sim, sua cachorra. Eu estou muito abalada, quando eu começo a falar eu choro de novo”, relata a vítima, aos prantos, em entrevista ao Portal AZ.

Ao chegar no motel, o apresentador Italo John ficou buzinando para entrar no local, a motorista relata que tirou a mão do apresentador da buzina, mas quase batia o veículo já que o local era muito estreito. A motorista entrou no motel e finalizou a corrida que totalizou R$ 10,34, mas o apresentador havia perguntado se R$ 10,00 pagava a viagem e a vítima, já nervosa, querendo sair do local, respondeu que sim.

A vítima relata ainda que o apresentador Italo Jhon estava aparentemente bêbado. Na saída do motel, a motorista ainda desabafou para uma camareira o que tinha acontecido e que queria sair do local o quanto antes.

“Quando saí do motel eu fui para um posto de combustível do lado e só chorava. Eu estou ainda muito abalada. Foi uma situação muito constrangedora mesmo”, disse.

A motorista relata ao Portal AZ que não conhecia o apresentador, já que ela veio de São Paulo para trabalhar como motorista de Uber em Teresina há pouco tempo. Ela conta ainda que foi até à Delegacia da Mulher, em companhia do presidente da Associação de Motoristas de Aplicativos de Teresina, para registrar um Boletim de Ocorrências contra o apresentador Italo John.

A vítima também registrou denúncia pela plataforma do aplicativo, já que ele não pediu a corrida e sim outra pessoa.

O que diz a polícia

A delegada Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher Centro, relatou ao Portal AZ que soube do caso e confirmou que a vítima, a motorista do Uber, “registrou um boletim de ocorrências contra um funcionário da TV Meio Norte”. A delegada não confirmou ser Italo John, por não lembrar do nome que a motorista colocou no boletim, mas afirma que o acusado será intimado para prestar esclarecimentos. .

Protesto na TV Meio Norte

Em áudio que circula em grupos de WhatsApp, um suposto motorista convoca os demais para um “buzinaço”, marcado para acontecer nesta segunda-feira (25), em frente à TV Meio Norte. O protesto é em favor da motorista da Uber que teria sido assediada pelo apresentador Italo John.

Deixe uma resposta